7 razões para não fazer panfletagem para promover sua escola

Postado em janeiro 19, 2018 por:

Post: 7 razões para não fazer panfletagem para promover sua escola

Confira as 7 razões para não fazer panfletagem e pare de desperdiçar o seu dinheiro.

Você faz ou já fez panfletagem para promover a sua escola?

Muitas instituições de ensino optam por investir em panfletos escolares para se promover durante os períodos de matrículas.

Mas será que esta é realmente a melhor opção?

Neste artigo vamos conferir algumas razões pelas quais eu acredito que você não deveria fazer panfletagem para promover sua instituição educacional.

Não tenho a intenção de impor uma ordem absoluta… mas sim de propor uma reflexão sobre os fatos que me levam a crer que a panfletagem não é a melhor opção para o marketing nos dias de hoje e cabe a você leitor decidir se isso faz sentido para você e sua realidade hoje ou não.

Antes de começar quero deixar claro também que quando eu falo “panfleto”, também me refiro a flyers, folhetos ou qualquer outra forma de promoção de produtos e serviços via informativos impressos.

Neste artigo também não estou considerando panfletos informativos distribuídos no local físico do negócio ou em feiras e eventos. Quando eu falo em “panfletagem” eu me refiro a ir para as ruas ou locais específicos e distribuir panfletos para as pessoas que estão passando no local.

Estamos entendidos? Podemos seguir?

Então vamos lá…

Os folhetos são uma prática comum de muitos séculos e inicialmente não tinha uma finalidade comercial quando em sua primeira aparição se tratava apenas de um poema Francês que se popularizou na Inglaterra no século XII.

Após esse “pequeno” período de tempo até os dias de hoje houveram muitas mudanças na finalidade dos panfletos, embora sua principal função tenha sido a comunicação em massa, não demorou muito para se tornar uma opção de promoção de vendas de produtos e serviços.

Temos que concordar que funcionou muito bem por muito tempo, mas hoje, com tanta tecnologia, onde tudo é digital e as pessoas estão conectadas nos celulares e computadores… será que a velha panfletagem ainda consegue surtir o mesmo efeito?

Confira minhas razões e decida por você mesmo…

7 razões para não fazer panfletagem

1. Cálculo do retorno gerado dos panfletos é impreciso

Razões para não fazer panfletagem - Cálculo do retorno gerado dos panfletos é impreciso

Quando você faz ações de marketing offline como Outdoors, Busdoor e Panfletagem, por exemplo, dificilmente você consegue mensurar com precisão os resultados que são gerados.

É claro que existem meios de se fazer isso… vejamos o caso do Panfleto:

1 – Você pode usar uma linha de telefone exclusiva para os flyers e assim mensurar quantas ligações está recebendo naquela linha e quantas matrículas foram feitas.

2 – Você também pode usar uma linha de telefone exclusiva para cada local de distribuição dos panfletos para mensurar quantas ligações está recebendo de cada ponto de promoção por panfletos para descobrir qual o melhor local de entrega.

3 – Você também pode ir mais a fundo disponibilizando uma linha exclusiva para cada modelo de folheto e assim testar qual modelo gera mais ligações.

Existem ainda outras maneiras de se fazer isso, mas só de pensar em todo o trabalho e o gasto que teria pra fazer tudo isso eu prefiro parar por aqui e seguir adiante…

Por mais que você consiga encontrar alguma forma de mensurar seus resultados, será que o esforço e o gasto vale realmente a pena?

Será que o cálculo do retorno sobre o investimento será preciso?

Será que não existem formas de se fazer marketing que são mais baratas e mais simples de mensurar os resultados?

Continue comigo que eu vou revelar nos próximos itens quais as melhores opções pra substituir esse marketing tão trabalhoso.

2. O público dos panfletos não é segmentado

Razões para não fazer panfletagem - Público de panfletos não é segmentado

Quando você faz panfletagem a única forma de você segmentar o público é definindo os locais onde você acredita que seu cliente em potencial está.

Ps.: Como comentei no início do artigo eu não estou considerando a panfletagem em um evento ou feira que fale especificamente sobre educação ou escolas.

Você até pode orientar o pessoal a entregar para pessoas que aparentam ter determinada idade, mas será muito difícil ser 100% assertivo.

Você não tem como saber exatamente qual a idade das pessoas, não tem como saber se elas tem filhos, se os filhos estão na idade escolar e sendo assim, é como atirar no escuro, você nem de longe sabe se está atingindo a pessoa certa.

Quando você faz campanhas pelo Facebook por exemplo, você pode segmentar o público utilizando características como:

Localidade

Idade

Tem filhos

Idade dos filhos

Formação

Média Salário

Etc…

Essas são apenas algumas das segmentações, o que já resolve muita coisa, mas você pode ir ainda mais a fundo nas configurações se quiser.

O Google também oferece a opção de anúncios para rede de pesquisa onde você aparece para pessoas que estão buscando o que você está oferecendo.

Por exemplo, se você tem uma escola na Barra da Tijuca pode configurar uma campanha para mostrar o seu anúncio quando alguém pesquisar pelo termo “ensino médio barra da tijuca”.

Não tem comparação a tamanha eficiência de segmentação que essas ferramentas dispõem e eu citei apenas 2, existem muitas outras opções do mercado para fazer, digamos assim, “panfletagem online”.

3. O retorno sobre o investimento é baixo

Razões para não fazer panfletagem - Retorno é baixo
Quando você fala em investir em folhetos, em quanto você está pensando?

A impressão de 10 mil flyers de tamanho e qualidade medianos custaria cerca de R$ 2800,00.

Além desse custo você deve considerar a mão de obra para entrega, então eu vou deduzir que 1 pessoa recebendo um salário mínimo poderia fazer esse trabalho que somado os impostos daria um custo de a mais de cerca de R$ 1700,00.

Um total de R$ 4500,00.

Digamos que 100% dos flyers cheguem nas mãos das pessoas, o que dificilmente acontece pois sempre há pequenos extravios e perdas, quantas dessas pessoas vão realmente olhar para esse flyer?

Pois é, eu disse “OLHAR” mesmo… pois esse é o primeiro ponto, após olhar e ver do que se trata a pessoa decide se vai ler ou jogar fora.

Daqueles que lerem quantos vão guardar o flyer para olhar melhor mais tarde ou guardar o telefone?

Desses que guardaram o flyer quantos vão tomar uma ação e ligar ou visitar uma unidade?

Das pessoas que ligam ou visitam suas unidades qual a porcentagem que fecha realmente uma matrícula?

É comum se utilizar uma margem de 10% de conversão em um funil de vendas quanto não se sabe a taxa com precisão.

Com base nessa lógica, que não necessariamente representa a realidade, vamos simular um cenário possível com 10% de conversão em cada etapa do funil:

10 mil flyers entregues

1 mil flyers guardados

10o ligações recebidas

10 visitas a unidade

1 Matrícula efetuada

Investir R$ 4500,00 vale a pena se gerar uma única matrícula?

O cenário real pode não ser bem assim, mas qual o cenário que você vive?

Quantas matrículas você teria que fechar para ter um bom retorno de investimento?

Existem formas muito mais baratas de gerar contatos em potencial para sua escola que vão te gerar um retorno muito melhor do a panfletagem.

Siga comigo que você vai descobrir …

4. Existem ações de marketing mais baratas do que panfletos

Razões para não fazer panfletagem - Existem ações mais baratas
Como simulado no item anterior o custo de impressão para 10 mil panfletos seria de R$ R$ 2.800,00.
Não vou usar nessa análise o custo de execução do serviço de configuração e otimização dos anúncios pois vou deduzir que o custo da mão de obra se equivale em ambas as ações. ok!?

Vamos comparar agora com os custos dos exemplos citados anteriormente onde a segmentação é mais precisa: Facebook e Google

Vou usar como parâmetro de comparação a média de resultados das campanhas no Google Adwords e Facebook Ads feitas para um de nossos clientes do ramo de educação.

Veja:

Facebook Ads x Panfletagem

  • Campanhas de Facebook Ads no último trimestre de 2017:

Tabela de ResultadosRazões para não fazer panfletagem- resultados Facebook Ads
Média de R$ 148,13 por cada 10 mil visualizações.

Gráfico de Comparação: Facebook Ads x PanfletagemRazões para não fazer panfletagem - Facebook Ads x Panfletagem

 

Google Adwords x Panfletagem

  • Campanhas no Google Adwords no mês de Dezembro de 2017:

No Google Adwords existem várias formas de se fazer anúncios, a principal delas é a Rede de Pesquisa onde você anuncia seus serviços para pessoas que estão buscando por produtos e serviços relacionados ao seu ramo de atuação, mas também existe o Remarketing e a Rede de Display com possibilidade de fazer anúncios para listas de contatos específicas ou para pessoas que já visitaram seu site.

O exemplo abaixo apresenta uma média geral de todos diferentes tipos de anúncios e segmentações utilizados nas campanhas. Por razões de confidencialidade não irei compartilhar o detalhamento dessas campanhas.

Média de ResultadosRazões para não fazer panfletagem - resultados Google Adwords

Média de R$ 542,13 por cada 10 mil visualizações.

Gráfico de Comparação: Google Adwords x PanfletagemRazões para não fazer panfletagem - Google Adwords x Panfletagem

Analisando os gráficos podemos perceber a tamanha diferença no investimento, eu calculei qual a porcentagem do investimento de R$ 2800,00 que seria necessária em cada mídia para atingir o mesmo resultado, veja:

Facebook Ads (R$ 148,13 = 10k visualizações): 5,29 % do investimento em panfletos para atingir o mesmo número de pessoas, porém + segmentado.

Google Adwords (R$ 542.13 = 10k visualizações) : 19.36% do investimento em panfletos para atingir o mesmo número de pessoas, porém + segmentado.

Agora pensando no investimento de R$ 2.800 nessas mídias, quantas visualizações do seu anúncio (panfleto online) você teria no Facebook ou no Google?

Facebook Ads: Investimento de R$ 2800 = 51k visualizações

Google Adwords: Investimento de R$ 2800 = 189k visualizações

Uma média de 130 mil visualizações com o mesmo investimento que você teria para alcançar apenas 10 mil pessoas com uma campanha de panfletos.

É verdade que nem sempre esses números acima serão alcançados exatamente dessa forma, mas o cálculo foi baseado em uma média real de um cliente, o que garante pelo menos uma realidade possível de ser alcançada.

Além da diferença gritante de preço você ainda tem de brinde o ganho do público ser muito mais segmentado do que qualquer ação de panfletagem.

5. Difícil de gerar continuidade de relacionamento

O que eu quero dizer quando falo que não gera muita continuidade de relacionamento?

Quero dizer que após entregar o seu panfleto você tem poucas chances de dar continuidade ao relacionamento com o público impactado.

Bom, ainda assim quando você entrega um panfleto até existem algumas formas de você gerar continuidade, que ao meu ver seriam:

Se o usuário guarda o panfleto consigo – sua oferta terá uma continuidade sempre que ele olhar para esse panfleto, embora não tenha como você mudar a oferta, o discurso ou tentar uma nova abordagem.
Se o usuário entrar em contato por telefone ou visitar a unidade e você fizer um cadastro – neste caso tendo o um cadastrado com o e-mail ou o telefone do interessado, você pode dar continuidade no relacionamento através da sua equipe enviando e-mail ou fazendo ligações.

Se você conseguir enxergar outras formas de gerar continuidade, por favor, compartilhe comigo, pois essas foram as duas únicas formas que eu encontrei…

Vejamos agora as possibilidades de continuidade de outros meios de comunicação como Facebook e Google.

Gerar continuidade no Facebook

Como já foi citado neste artigo, o Facebook Ads possibilita que você faça campanhas (panfletagem) para o público com as principais características dos seus clientes e além disso ele ainda te dá uma gama de possibilidades para dar continuidade ao relacionamento.

Toda vez que você faz uma postagem no Facebook além de você dar a oportunidade do público curtir a sua página, o Facebook ainda consegue rastrear as pessoas que interagiram de alguma forma com as suas publicações ou as pessoas que clicaram em algum link e visitaram o seu site.

Ou seja, com essas ferramentas você pode dar continuidade de forma muito simples tomando algumas das ações como:

Criar posts e anúncios para as pessoas que já curtiram a sua página
Criar anúncios para as pessoas que interagiram com suas postagens
Criar anúncios para as pessoas que visitaram o seu site

Ficou claro como as possibilidades são bem maiores quando fazemos “panfletagem” no Facebook?

Gerar continuidade no Google

Assim como o Facebook, o Google também facilita para você gerar continuidade de relacionamento com o seu público alvo.

O Google Adwords tem uma ferramenta de Remarketing que funciona da seguinte forma:

Você instala o código de remarketing do Google Adwords no seu site. Ele então passa a rastrear todas as visitas do seu site e criar uma lista com essas pessoas.

Você pode então criar anúncios de remarketing e direcionar para essa lista. Ou seja, impactar novamente todos aqueles que clicaram nos links do seus anúncios e visitaram o seu site.

Além disso você pode criar anúncios para pessoas que visitaram páginas específicas. Por exemplo: anunciar o pré-vestibular para todos que visitaram a página de pré-vestibular ou de 3º ano do ensino médio.

Muito mais simples e eficiente do que a Panfletagem, não acha?

E olha que eu não citei algumas opções avançadas de criar público de pessoas que converteram em formulários ou que compraram produtos ou ainda a possibilidade de você fazer o upload e uma lista de e-mails e criar anúncios para ela.

Todas essas funções estão disponíveis tanto no Facebook Ads quanto no Google Adwords.

6. Preservar o meio ambiente

Razões para não fazer panfletagem - preservar o meio ambiente
Todos nós sabemos que o papel dos panfletos é fabricado com fibras de celulose extraídas da madeira, ou seja, os panfletos são fabricados a custo de derrubada de árvores.

_“Mas está tudo bem, o papel é feito de madeira de reflorestamento” – posso ouvir alguém argumentando…

Mas será que é mesmo? Eu particularmente não posso te garantir isso, mas vamos tentar acreditar que sim, 100% do papel é proveniente de madeira de reflorestamento ou reciclagem…

O que talvez você não saiba é que o processo de produção de papel é um dos que mais gasta água: cerca de 540 litros por quilo de papel produzido, segundo o Instituto Akatu, ou 10 litros de água por uma única folha A4.

Difícil de acreditar, mas isto é um fato!

E neste caso não tem para onde correr, essa informação é preocupante dada a escassez de água no mundo. Se no Brasil que contamos com abundância de água temos nossos problemas, imagine a nível global.

Além disso a vida útil dos panfletos não é muito longa. Pouco tempo depois de serem entregues eles acabam em uma lixeira ou pior, nos bueiros da cidade (mas isso é um assunto para o próximo tópico).

De acordo com o relatório anual da ANAP – Associação dos Aparistas de Papel a categoria de papelcartão e papel para imprimir e escrever, que se encaixa no segmento de panfletos, têm uma taxa de recuperação entre 25% e 35%, ou seja, grande parte acaba em aterros sanitários.

_”Tudo bem o papel é biodegradável!”

Sim, mas quando enterrados não conseguem “respirar” e não se decompõem. Sem contar que os panfletos recebem bastante tinha no processo de fabricação e, dependendo do tipo, ainda possuem plástico em sua composição final, o que torna a decomposição na natureza ainda mais lenta além de tornar o processo de reciclagem mais difícil ou inviável.

É claro que o papel não vai deixar de existir em nossas vidas, mas no meu ponto de vista, o que pudermos evitar de utilizá-los, melhor…

7. Suja as ruas

Razões para não fazer panfletagem - suja as ruas
Você com certeza já recebeu muitos panfletos na rua, principalmente quando vai para o centro da cidade, não é verdade?

O que você fez da última vez que você recebeu um panfleto?

Eu chutaria que você no máximo olhou alguns milésimos de segundo para entender do que se tratava e em seguida procurou a lixeira mais próxima para dispensá-lo, pois você é educado, claro.

A rejeição aos panfletos são normais, uma pequena porcentagem das pessoas que recebem acabam guardam eles consigo.

O problema é que infelizmente nem todos tem a consciência e preocupação de jogar em uma lixeira, e acabam jogando nas ruas e causando uma grande sujeira nas redondezas do local de distribuição.

Eu sei que a culpa da sujeira dos panfletos nas ruas não é de quem está promovendo a distribuição, mas indiretamente são eles que estão causando o efeito e como infelizmente não podemos obrigar todo mundo e jogar o lixo em uma lixeira, podemos pelo menos não distribuir panfletos para pessoas que você não sabemos se tem interesse em recebê-lo.

Quantos alagamentos não poderia ser evitados? Parece dramático mas é uma realidade de muitos…

Como já foi citado várias vezes neste artigo, existem maneiras mais inteligentes de se fazer “panfeltagem”, então a minha opção é me conscientizar e não fazer esse tipo de ação.

Se temos a nossa disposição ferramentas de mídias digitais que são:

Muito mais baratas
Muito mais eficientes na segmentação do público e
Muito mais fáceis de mensurar os resultados

Por que vamos optar por uma opção que é:

Mais cara
Pouco segmentada e
Quase impossível de calcular os resultados

Ainda mais sabendo que além de tudo isso estaremos contribuindo também para a degradação do meio ambiente, seja pelo desmatamento, pelo alto consumo de água ou pelos problemas de poluição, reciclagem e decomposição…

Vale mesmo a pena investir em panfletagem? Qual a sua opinião agora?

Eu te convido a responder essa pergunta nos comentários dessa publicação, quero saber a sua opinião também.

Espero que tenha gostado da argumentação e que de alguma forma eu tenha estimulado a sua reflexão sobre o assunto. Ficarei feliz em responder suas questões caso tenha alguma dúvida 😉

Quer saber mais sobre marketing para instituições de ensino?

Inscreva-se agora para assistir nossa palestra 100% Online e 100% Gratuita:

Razões para não fazer panfletagem - Palestra Online Marketing Educacional

Descubra como nós promovemos organizações educacionais através das mídias online.

 

Obrigado pela leitura, grande abraço.

Glenio Machado

CEO & Founder

DigitalSharp

 

5 Comentários

  1. olga disse:

    GOSTARIA DE INFORMAÇÕES DESTE TRABALHO .
    QUANTO CUSTA ?

  2. Denise Lauton disse:

    Bom dia Glenio,

    ESTOU FAZENDO AQUI EM FEIRA DE SANTANA UM TRABALHO SOBRE PANFLETAGEM. GOSTEI MUITO DOS SEUS COMENTÁRIOS E GRÁFICOS COMPARATIVOS. QUANDO E ONDE VOCÊ FEZ ESTAS ANÁLISES OU VOCÊ PEGOU DE OUTROS TRABALHOS. GOSTARIA MUITO DE CITA-LOS EM MEU ARTIGO.

    • Glauber disse:

      Olá Denise, que bom o material ser interessante e útil para você.
      Algumas informações disponibilizamos a fonte. Outras cruzam dados internos da DigitalSharp com informações de mercado próximo a data do post.

      Caso queira ser mais específica, nos envie por e-mail print dos pontos que você tem dúvidas e ficaremos felizes em ajudar.
      e-mail: [email protected]

    • Glauber disse:

      Olá Denise, que bom o material ser interessante e útil para você.
      Algumas informações disponibilizamos a fonte. Outras cruzam dados internos da DigitalSharp com informações de mercado próximo a data do post.

      Caso queira ser mais específica, nos envie por e-mail print dos pontos que você tem dúvidas e ficaremos felizes em ajudar.
      E-mail: [email protected]

Deixe o seu comentário!